Notícias

Creche do TJRR começa a funcionar e presidente já anuncia novas unidades

 


Até o final do ano, a expectativa é que mais duas creches sejam inauguradas para atender a filhos de magistrados e servidores do Poder Judiciário

 

 

Fotos: Antônio Diniz

 

Projetada para atender a crianças de zero a dois anos, a creche visa, além de amparar o trabalho da mulher e fortalecer as relações de família, oferecer melhores serviços à sociedade, que passará a ser atendida com mais satisfação

 

 


Valorização da infância e da maternidade. Esse é o principal objetivo da Creche do TJRR, inaugurada nesta segunda-feira, dia 2, na Sede Administrativa do Poder Judiciário de Roraima. A estrutura, projetada especialmente para atender crianças de zero a dois anos, foi viabilizada com a parceria da Prefeitura de Boa Vista, que disponibilizou profissionais preparados para cuidar do público infantil.

 

Segundo o presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti, autor do projeto da creche, a ação não busca apenas alcançar satisfação com o ambiente organizacional, mas amparar o trabalho da mulher, fomentando a participação ativa do Poder Judiciário em todas as fases da carreira.

“Esse projeto foi pensado em 2009; no entanto, pudemos implementar somente agora, com a parceria fundamental da Prefeitura de Boa Vista, que tem todo o conhecimento e experiência a respeito das ações voltadas para o desenvolvimento da Primeira Infância. E é isso que nós queremos: valorizar a infância e ao mesmo tempo incentivar mais ainda a participação da mulher, que se sentirá segura e estimulada com um ambiente como esse, voltado especialmente para as crianças, onde ela também poderá se sentir à vontade para amamentar e estar mais perto dos filhos”, comentou o presidente, ao anunciar que em entendimento com a prefeita Teresa Surita, durante a inauguração, ficou acordado que mais duas unidades deverão ser estruturadas até o final deste ano.

 

A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, confirmou a informação, destacando que é uma satisfação poder contribuir com esta iniciativa, pois o foco da gestão municipal é a valorização da Primeira Infância.
“Sabemos que propiciar essa proximidade entre pais e filhos nesses primeiros anos da infância é muito importante para as mães, para os pais, mas principalmente para as crianças, que terão garantido um melhor desenvolvimento. E nosso foco é esse”, comentou, ao informar que a parceria com o TJRR deverá seguir e que a intenção é que pelo menos 80% das mulheres do Poder Judiciário sejam atendidas até o fim de 2020.

 

O presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti, destacou como o espaço foi estruturado para o atendimento das crianças, que contarão com berçário, brinquedoteca, cadeiras de alimentação, banheiros adaptados à faixa etária e ainda cadeiras de amamentação para as mães.

“Esse é um momento muito importante para o Tribunal, que com essa iniciativa está cuidando não somente dos magistrados e servidores, mas também da população atendida pelo judiciário, pois com condições de trabalho de qualidade é possível oportunizar também aos nossos jurisdicionados melhores resultados nos serviços buscados, com servidores e magistrados mais satisfeitos para a realização das atividades”, ressaltou.

 

A servidora do TJRR, Paloma Cruz, declarou que a criação dessa creche demonstra que o TJRR se preocupa com os servidores e com o relacionamento que eles têm com a família. “Uma ação dessas vem para proporcionar um conforto ao coração das mães e pais, e ainda contribuir também para a fase de adaptação das crianças, quando chegarem a uma idade de ir para a escola ou creche para uma faixa etária maior. É uma ação de fortalecimento das famílias”, comentou.

 

Stephanie Lacerda, também servidora do TJRR, destacou que essa medida da atual gestão era algo que já se fazia necessário há muito tempo. “Para mim, trata-se de uma ação pioneira e essencial, pois vem para nos dar tranquilidade: saber que poderemos passar mais tempo perto dos nossos filhos e que eles estarão em um lugar seguro e com uma equipe capacitada”, declarou.

 

A Creche do TJRR, instalada na Sede Administrativa do Poder Judiciário, no edifício Rosalvo Indrusiak Fin, receberá, ao todo, nesse primeiro momento, 20 crianças, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 14h30, com exceção dos fins de semana, feriados, pontos facultativos e recesso forense. Até o final do ano, a expectativa é que mais duas unidades sejam instaladas: uma no Fórum Criminal e outra no Fórum Cível.