.

Ir para o Conteúdo  | Ir para o Menu  | Ir para o rodapé  | Ir para a Busca             Acessibilidade   | Intranet  |  SIC  |  Canal de Denúncia  | Ouvidoria   Botão do Instagram do Tribunal de Justiça de Roraima   Botão de acesso a rede social Facebook do TJRR   Botão de acesso ao canal de Youtube do TJRR   Botão  da Rede Social Twitter do TJRR

Selos Prêmios TJRR       

INCLUSÃO SOCIAL E SUSTENTABILIDADE Projeto do TJRR destina bens apreendidos para associações de reciclagem

Fotos: TJRR 
Foto colorida mostra cinco pessoas, na associação Catadores de Materiais Recicláveis Terra Viva, sendo duas delas posando para fotografia com documento assinado em mãos.  Ao redor vários materiais reciclados.
 
Acompanhe a matéria tambem em audio
 
“Reciclagem Solidária: Transformando bens apreendidos em recursos sustentáveis”, este é o nome da iniciativa coordenada pela Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça de Roraima (CGJ/TJRR), que está implementando a integração de objetivos sociais, ambientais e jurídicos, em parceria da Diretoria de Gestão de Bens Apreendidos (DGBA) e da Diretoria de Gestão de Primeiro Grau (DG1G).
 
O projeto consiste na destinação de bens apreendidos pela DGBA à associações de reciclagem, cadastradas no Tribunal, indo além da gestão tradicional de bens apreendidos, representando uma convergência de esforços para promover a justiça social, a sustentabilidade ambiental e a eficiência jurídica.
 
Foto colorida mostra três mulheres sentadas, sendo uma servidora do TJRR assinando documento. Ao redor vários materiais reciclados
 
A juíza corregedora do TJRR, Rafaella Holanda, explicou que os bens, que não possuem valor para serem leiloados, serão direcionados para reciclagem, promovendo a preservação do meio ambiente e apoiando famílias que trabalham nessas associações, gerando renda e promovendo a inclusão social. 
 
“A iniciativa representa uma convergência de esforços para promover a justiça social, a sustentabilidade ambiental e a eficiência jurídica, destacando-se como uma abordagem inovadora e holística na gestão de recursos provenientes do sistema judicial”.
 
Do ponto de vista ambiental, a iniciativa desempenha um papel crucial na redução do descarte inadequado de resíduos, contribuindo para a preservação do meio ambiente e impulsionando a economia circular. Além disso, ela fortalece a conscientização sobre a importância da sustentabilidade ecológica.
 
Foto colorida mostra oito pessoas da  Associação Catadores de Materiais Recicláveis Terra Viva, descarregando materiais recicláveis de caminhão. Ao redor vários materiais reciclados.
 
O projeto passa por várias etapas, desde a identificação e seleção dos bens apreendidos pela equipe da DGBA até a parceria com associações de reciclagem que atendam aos critérios estabelecidos pelo TJRR, como explica a Diretora de Gestão de Bens Apreendidos, Gicelda Assunção.
 
“A DGBA realiza entrega de bens a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Terra Viva, desde o ano de 2019. O envio é feito por intermédio de Termo de Doação, com assinatura das partes envolvidas e descrição do objeto e quantitativo a ser recebido pela Associação”.
 
Serão oferecidos capacitação e apoio técnico às associações para garantir que os processos de reciclagem sejam realizados de maneira eficiente e segura. Um sistema de monitoramento e avaliação está em vigor para verificar o progresso das associações na reciclagem dos materiais recebidos, bem como o impacto socioambiental alcançado.
 
Foto colorida mostra seis pessoas da  Associação Catadores de Materiais Recicláveis Terra Viva, observando materiais reciclados.  Ao redor vários materiais reciclados.
 
Entre os benefícios esperados estão a redução do impacto ambiental pelo descarte adequado de materiais recicláveis, a geração de emprego e renda para as famílias envolvidas nas associações de reciclagem, e o fortalecimento da consciência ambiental e da responsabilidade social entre os envolvidos no processo.
 
A presidente da associação Catadores de Materiais Recicláveis Terra Viva, Charana Mery Souza Kams, ressaltou que é por intermédio das doações que as mulheres que atuam na associação tiram seu sustento.
 
“Quando os materiais chegam, fazem a triagem e depois reaproveitamos tudo pra reciclagem, vendemos e assim gerando renda pros Catadores da associação”.
 
 
 
Ícone WhastsApp Ícone Instagram TJRR Ícone Twitter TJRR Ícone Facebook TJRR Ícone Linkedin TJRR Ícone Spotify TJRR Ícone TikTok TJRR Ícone Youtube TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos

Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198-2800 - Palácio da Justiça
3198-4700 - Fórum Cível
3194-2699 - Fórum Criminal
3198-4900 - Prédio Administrativo
3621-5100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

 

Ícone Mapa do Site     Banner Radar da Transparência Pública

.
Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte