TJRR conclui Semana da Justiça Pela Paz em Casa com resultados positivos

 
Juízas Lana Leitão Martins, Suelen Alves e Rafaella Holanda Silveira, durante a divulgação do estudo "Até que a Morte Nos Separe", sobre feminicídios em Roraima.
 
O Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) fechou a 18ª Semana da Justiça Pela Paz em Casa com resultados positivos, que geraram avanço quando o assunto é a proteção da mulher vítima de violência. A programação alcançou o objetivo, que é intensificar as ações judiciárias no combate à violência doméstica, além de chamar a atenção da sociedade e sensibilizar a população sobre o assunto. 
 
Durante a Semana, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar, foram julgados cinco casos de feminicídio. Neste período, foram concedidas 32 medidas protetivas, a fim de garantir amparo de mulheres que, de alguma forma, se sentiam ameaçadas no ambiente doméstico. 
 
A coordenadora Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar, juíza Suelen Alves, destacou que o TJ se empenhou no julgamento dos processos relacionados à violência doméstica, em uma ação que envolveu 12 magistrados e 60 servidores. 
 
Júri de caso de feminicídio realizado durante a Semana da Justiça pela Paz em Casa
 
"Durante essa semana foram realizadas 11 audiências referentes a acolhimentos preliminares e justificação, 19 audiências de instrução e julgamento, todas de maneira virtual. Foram proferidos 106 despachos e 148 decisões, 35 sentenças com mérito, 18 sentenças sem mérito e cinco sentenças de cunho criminal", pontuou. 
 
A juíza também destacou a presença da coordenadoria em eventos de outras instituições relacionados ao tema, como uma mesa redonda na Assembleia Legislativa de Roraima e uma audiência pública na Câmara Municipal de Boa Vista. 
A foto mostra algumas mulheres que atuam em defesa a mulher em situação de violência
 
A ação foi realizada de 16 a 20 de agosto, em referência ao aniversário da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006), que completou 15 anos em agosto. Além das audiências e julgamentos no 1º e 2º Juizados de Violência Doméstica e Vara de Vulneráveis e Comarcas do Interior, a ação envolveu uma ampla programação. 
 
Durante a semana, houve a assinatura do termo de cooperação para implementação da Patrulha Maria da Penha em Bonfim, que já é o quarto município a contar com a ação. O projeto busca acompanhar de perto as mulheres vítimas de violência e garantir o cumprimento de medidas protetivas, em parceria com as Guardas Municipais. 
 
Foto dos juízes do TJRR com o prefeito de Bonfim em frente ao carro da patrulha Maria da Penha no município
 
Um diferencial foi o lançamento da Campanha  Dignidade Menstrual - Doe um item de higiene, que busca promover a garantia do direito da mulher e adolescentes, e distribuição de kits de higiene a vítimas de violência doméstica.
 
Durante a semana também foi realizado o I Encontro dos Projetos de Prevenção e Proteção a Violência Doméstica de Boa Vista, no qual foram debatidos os projetos Patrulha Maria da Penha e Maria Vai à Escola, ambos em parceria com a Prefeitura de Boa Vista. 
 
Outros destaques foram a divulgação do estudo "O Feminicídio no Estado de Roraima", e a adesão ao programa Nina, aplicativo desenvolvido pelo Fundo de População das Nações Unidas, para apoio às mulheres em situação de violência doméstica.
 
Fotos: Nucri TJRR  
 

Botão Instagram TJRRBotão Youtube TJRRBotão Facebook TJRRBotão Twitter TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos
Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198.2800 - Palácio da Justiça
3198.4700 - Fórum Cível
3194.2699 - Fórum Criminal
3198.4900 - Prédio Administrativo
36215100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte