Notícias

CONSULTA PÚBLICA - População pode contribuir para definição de metas nacionais do Judiciário

O questionário serve como um norteador estratégico na elaboração das metas nacionais que buscam construir um judiciário mais célere

 

Foto: Divulgação

 

Pessoas sentadas a mesa em uma reunião

A pesquisa está disponível no portal do TJRR na internet: www.tjrr.jus.br

 

Com o objetivo de desenvolver uma gestão estratégica que se adapte as necessidades daqueles que fazem uso da Justiça, o TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima), em parceria com os tribunais de Justiça do país, está promovendo uma consulta pública sobre as metas nacionais do judiciário para 2021. O questionário estará disponível até o dia 28 no portal do TJRR (www.tjrr.jus.br) ou acessando diretamente o link:http://www5.tjba.jus.br/gestaoparticipativa/.

A consulta pública é realizada anualmente e atende a resolução 221/2016 do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). São esperadas opiniões de magistrados e servidores dos tribunais de justiça brasileiros, além de promotores, procuradores, advogados, estudantes e a sociedade em geral.

Segundo o subsecretário de Gestão da Informação do TJRR, Francineudo Monteiro, essa consulta pública é uma forma de magistrados e servidores do judiciário, assim como da sociedade em geral, emitirem opiniões e considerações acerca das Metas Nacionais do Poder Judiciário para o ano de 2021 e contribuir para fazer uma justiça ainda melhor.

REDE GOVERNANÇA - A Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário (Justiça Estadual), instituída pela Portaria de número 138 de 23 de agosto de 2013 e regulamentada pela Portaria n. 59 de 23 de abril de 2019, é composta por juízes gestores de metas e coordenadores da Estratégia de todos os Tribunais de Justiça brasileiros. O principal objetivo é desenvolver a gestão estratégica adaptativa com um sistema conectado com a realidade de cada segmento de Justiça ou região geográfica.