Ícone que leva para o Fale Conosco Ícone que leva para informações de Telefones Ícone que leva para Ouvidoria Ícone que leva para endereços, telefones e e-mails das Comarcas Ícone que leva para o Portal Transparência

 

TJRR doa computadores para Governo do Estado


A Setrabes e o CPC foram os beneficiados com as doações dos equipamentos

Foto: Antônio Diniz



Os equipamentos foram recebidos no momento das assinaturas dos termos de doação



Visando contribuir com a melhoria do trabalho de instituições públicas, o TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) realizou na manhã desta segunda-feira, dia 13, no Palácio da Justiça, a doação de dois computadores para o Governo do Estado de Roraima. 

Um dos equipamentos deverá atender ao Sistema de Controle Prisional do CPC (Comando de Policiamento da Capital) e o outro a um dos abrigos da Setrabes (Secretaria Estadual de Trabalho e Bem Estar Social), que está em fase de implantação do Sistema Eletrônico de Informações, também com o apoio do TJRR.

A secretária estadual de Trabalho e Bem Estar Social, Tânia Soares, se declarou muito satisfeita com a contribuição do Poder Judiciário para o trabalho desenvolvido pelo Estado na área social. “Tenos um agradecimento imenso por receber esse equipamento e não é a primeira vez que o TJRR contribui, com isso gostaríamos de continuar nossa parceria”, declarou.

O capitão da PMRR (Polícia Militar de Roraima), Salomão Souza Gomes afirmou que o equipamento recebido vai contribuir significativamente para a melhoria das condições de trabalho no CPC. “Esse computador vai atender especificamente o trabalho realizado dentro do setor de Controle Prisional e será uma ferramenta muito importante para melhoria do nosso trabalho”, declarou, destacando que a instituição policial está à disposição sempre da Justiça Estadual.

O presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti destacou a alegria que é para o Judiciário Poder colaborar com o trabalho de instituições que desenvolvem atividades tão relevantes para a sociedade. “Temos sempre muitos pedidos para atender, mas nem sempre podemos suprir a todos. No entanto, é um gratificante poder ajudar sobretudo instituições como essas que atuam dentro da área social e de policiamento em Roraima, e saber que estão contribuindo de alguma forma para a melhoria desses trabalhos”, comentou.