Ícone que leva para o Fale Conosco Ícone que leva para informações de Telefones Ícone que leva para Ouvidoria Ícone que leva para endereços, telefones e e-mails das Comarcas Ícone que leva para o Portal Transparência

 

Projeto Redes: Tribunal de Justiça de Roraima participa de seminário

 

O Tribunal de Justiça de Roraima, por meio do Juizado de Violência Doméstica, participou do Seminário de Alinhamento Conceitual “Drogas, Violência, Gêneros e Garantia de Direitos”, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), nesta quinta-feira (22), no auditório do Corpo de Bombeiros de Roraima.

 

O TJRR firmou parceria com a FIOCRUZ, por meio do projeto Redes para articulação dos serviços no cuidado de usuárias de drogas para garantir direitos e assistência intersetorial de mulheres. A juíza Maria Aparecida Cury, coordenadora Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar, destacou a importância dessa cooperação.

 

 

“Toda parceria é muito importante. A FIOCRUZ vem para somar e preencher o vazio que existe em nosso estado, principalmente, aos problemas relacionados ao consumo de drogas, tanto as lícitas, quanto as ilícitas. A Rede estando ativa e trabalhando efetivamente, minimiza e aponta soluções para muitos problemas”.

 

A coordenadora de Território do Projeto Redes, da FIOCRUZ, Adriele Barbosa Pereira Cruz, informou que o objetivo do seminário é fazer um nivelamento referente à política sobre drogas e unir vários parceiros que estão a fim de se envolver com essa política.

 

“Principalmente da redução de danos que é o foco que a gente trabalha. Um olhar diferenciado para o outro, não o discriminando, mas como sujeito de direito, na qualidade de vida dele. É muito relevante essa parceria com o TJRR, por meio do Juizado da Violência Doméstica, pois trabalharemos no acompanhamento da mulher vítima de violência que é atendida na audiência de custódia, dando assistência necessária a ela”.

 

Por meio do Projeto Redes, a FIOCRUZ  acompanha mulheres em situação de violência, decorrente do uso abusivo de drogas que estejam envolvidas em contexto de violência doméstica, urbana, pela sociedade e cárcere privado.

 

A juíza auxiliar da Presidência do TJRR, Bruna Zagallo também participou do seminário que contou com a participação de várias instituições além de representantes da sociedade civil.

 

 

Boa Vista, 22 de junho de 2017

 

Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais