Ícone que leva para o Fale Conosco Ícone que leva para informações de Telefones Ícone que leva para Ouvidoria Ícone que leva para endereços, telefones e e-mails das Comarcas Ícone que leva para o Portal Transparência

 

Reunião aborda ações e sugestões para Corregedoria no biênio 2017/2019

 
Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (02) com a presidente do Tribunal de Justiça de Roraima, desembargadora Elaine Biachi e o corregedor-geral de justiça, desembargador Mauro Campello, foram  discutidas ações, bem como sugestões para solução de problemas, além de algumas reivindicações relativas à melhoria das atividades da Corregedoria-Geral de Justiça.
 
O encontro ocorreu no Pleninho do TJRR e contou ainda com a participação do chefe de gabinete da Corregedoria Glaucio Cruz, do chefe do setor de análise de dados, Ville Medeiros e do secretário de tecnologia da informação Thiago Lobo.
 
Além de apresentar o balanço das principais ações desenvolvidas no primeiro mês de trabalho da Corregedoria, foi apresentada algumas reivindicações relativas à melhoria das atividades da CGJ.
 
Durante a reunião foi destacada a necessidade de criação de uma distribuição dos postos de autoatendimento da Ouvidoria utilizando tecnologia e a criação do Portal de internet da CGJ. Tratou ainda sobre a elaboração do Manual do Colaborador da CGJ e da ação número um da Corregedoria que é a implantação do Sistema PJeCor, em atendimento à meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
Foram apresentadas também pela CGJ, as ações realizadas pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Prisional (GMF), o calendário de correições ordinárias da CGJ e das visitas técnicas do juiz corregedor nas Comarcas do interior. 
 
“A Corregedoria vem caminhando de forma afinada com o Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça e nossa intenção é realizar essa reunião todo final de mês para repassar um relatório sobre o trabalho que vem sendo realizado e traçar metas conjuntas para promover melhorias”, disse o corregedor-geral de justiça Mauro Campello.
 
Desde que assumiu a presidência do TJRR, a desembargadora Elaine Bianchi está ouvindo as reivindicações e demandas de toda instituição e acredita que dessa forma poderá fazer um bom trabalho a frente a instituição durante o biênio 2017/2019. “A intenção é ouvir cada magistrado, setor e servidores para que dessa forma, o trabalho flua melhor” afirmou.
 
 
Boa Vista, 2 de março de 2017.
 
Núcleo de Relações Institucionais – NURI
Escritório de Comunicação